sexta-feira, 19 de dezembro de 2008

Para o Meu Amor

A 20 de Dezembro, num ano que não interessa, naquelas planícies (ou nem tanto) onduladas de Além-Tejo nasceu um menino, rabino, irrequieto, com os olhos cheios de mundo e paixão, que veio iluminar a vida de todos os que tiveram a sorte de o ter.

Para ti Amor, que me dás a alegria e a dôr, que me aturas e enlouqueces, que me acalmas e me tiras do sério, que me conheces como se lesses a minha alma a cada momento mas por vezes quase me desconheces, que trouxeste de volta à minha vida a paixão, o prazer de amar, o riso e a confiança mas também o medo de perder, a solidão da tua ausência e a necessidade de sacrifício:

PARABÉNS

Here's looking at you

1 comentário:

'C. disse...

também sou touro com ascendente em leão :P